domingo, 26 de fevereiro de 2017

"Bloco das Almas" e o bloco "Senta Que Eu Te Empurro" vão garantir a folia durante o carnaval de Amargosa

O carnaval de Amargosa é uma tradição popular que marcou época e encheu de alegrias e boas lembranças a vida de muitas pessoas. Nos seus tempos de glória, a festa tinha direito a desfile de escolas de samba (batucadas), blocos de mascarados, caretas, o cão, além de trios elétricos, bandas locais e uma infinidade de personagens e manifestações culturais.

Hoje em dia muita coisa mudou. Crise financeira, problemas de segurança e falta de incentivo, foram alguns dos motivos que levaram o carnaval de Amargosa a perder espaço.


Mesmo sem o glamour do passado, a festa se mantém viva graças a iniciativa popular. Neste ano de 2017, alguns blocos realizam os últimos preparativos para desfilar pelas ruas da cidade, a exemplo do "Bloco das Almas" e o bloco "Senta Que Eu Te Empurro".

Além disso, grupos de amigos também devem sair fantasiados garantindo a preservação desta tradição.

Para a professora Mariângela Araújo, organizadora do "Bloco das Almas", "a memória cultural do nosso patrimônio está basicamente apagada. Precisamos colocar nas ruas da cidade manifestações tradicionais, ou não, para fazer valer o histórico de Amargosa enquanto espaço de vigor das festas momescas. Eu enquanto criança e adolescente, pude passar por essas histórias fantásticas de identidades carnavalescas. Nunca esquecerei do passado alegre da minha cidade, onde batucadas, cordões, cão, caretas e homens vestidos de mulher transitavam nos diversos locais da cidade", destacou a professora Mariângela, que lembrou ainda de ícones como o Jaraguá, a Ema e de concursos para a escolha de reis, rainhas e princesas do carnaval da cidade.

Vale destacar ainda, que durante o período do carnaval, a cidade de Amargosa fica repleta de visitantes. Muitos deles querem fugir de grandes aglomerações, como no caso do carnaval de Salvador e aproveitam o feriado prolongado para rever amigos e familiares.

Segundo informações, o Poder Judiciário não impôs limites de horários para uso das mascaras e adereços durantes as festas.


F: Amargosa News

Nenhum comentário:

Postar um comentário