sábado, 6 de maio de 2017

Com a greve nos Correios, cartas e encomendas chegarão com atraso em Cruz das Almas

Os funcionários dos Correios rejeitaram a nova proposta feita pelo presidente da estatal Guilherme Campos com o objetivo de findar a paralisação na empresa, iniciada no último dia 27. Em Cruz das Almas a maior reivindicação dos servidores gera em torno da cobrança do plano de saúde e de melhores condições de trabalhos. Segundo Ademir Araújo, presidente do sindicato da categoria, a empresa alega insustentabilidade no modelo atual do plano e quer repassar o ônus para os trabalhadores, “nosso ponto principal da paralisação é o plano de saúde. Eles querem colocar uma mensalidade muito alta no plano de saúde”, afirma. Com a paralisação nacional, o centro de triagem de cartas e encomendas que fica em salvador está paralisado, com isso haverá um atraso nas distribuição. Para quem está preocupado com as cobranças que não chegam, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor reforça que a paralisação não isenta o pagamento de boletos dentro do prazo de vencimento, mesmo que este não tenha sido entregue. Para não se surpreender com juros e multas decorrentes de atrasos, o consumidor deve observar a época em que as cobranças costumam chegar e entrar em contato com a empresa, solicitando uma segunda via do pagamento ou que sejam disponibilizadas outras formas para quitar a fatura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário