loading...

quarta-feira, 21 de junho de 2017

CRUZ DAS ALMAS: Suspeito de ter assassinado cruelmente idoso de 82 anos se entrega à polícia

O principal suspeito de ter assassinado cruelmente o idoso de 82 anos no interior do imóvel da própria vítima no último domingo (18/06), veio a se entregar no fim da tarde desta terça-feira (20) acompanhado de um pastor evangélico que lhe conduziu até a Delegacia.

O ex-presidiário de prenome Edivan, disse para o delegado auxiliar e para os investigadores que se encontravam de plantão no momento da apresentação, de que havia se arrependido de ter assassinado brutalmente a golpes tamborete o Sr. Manoel Bezerra Lima, conhecido por "Manú", que residia no Parque Santa Cruz em Cruz das Almas.

O crime chocou a população assim que o caso foi ao conhecimento de todos através dos veículos de comunicação da cidade que relataram a covardia e brutalidade seguido com requintes de crueldade contra a vítima que morava só e não tinha chances de se defender das agressões que o levaram a morte.

Informações colhidas com exclusividade pelo Forte no Recôncavo, dão conta de que "Manu" recebia por mês uma aposentadoria de aproximadamente R$ 13 mil reais, pois o mesmo era aposentado da Odebrecht. Ainda de acordo com informações colhidas pelo FR, "Manu" era viúvo, não tinha filhos, apenas uma sobrinha que não reside na cidade e há poucos dias antes de morrer, a vítima tinha recebido mais de R$ 44 mil da vendida de um dos seus veículos.

Como o assassino trabalhou por um período na casa da vítima como ajudante de pintor, tudo leva a crer que uma série de fatores despertou a cobiça do assassino como a condição financeira da vítima e pelo fato da vítima morar só além da idade avançada aliada a uma suposição de que o dinheiro da venda do veículo ainda estivesse na casa do Sr. "Manú".

A nossa reportagem não obteve informações se realmente Edvan confessor ter subtraído da casa da vítima algum pertence, o que configuraria crime de latrocínio (roubo seguido de morte).


#ForteNoReconcavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

loading...
loading...