segunda-feira, 24 de julho de 2017

Agricultura familiar do Médio Rio de Contas recebe investimento de mais de R$ 2 milhões

A agricultura familiar segue recebendo atenção especial do Governo do Estado, neste sábado (22/7), o governador Rui Costa esteve em Jequié e assinou convênios que somam mais de R$ 2 milhões em investimentos no desenvolvimento rural do Território Médio Rio de Contas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

O secretário da SDR, Jerônimo Rodrigues, acompanhou o evento e ressaltou que “É orientação do governador e o projeto Bahia produtiva cumpre isso, a risca que é investir e organizar as principais cadeias produtivas da Bahia, a exemplo do cacau. Nós queremos melhorar ainda mais a qualidade da amêndoa para termos duas frentes: Ocupar o espaço de maior produtor de cacau do brasil , e a outra é verticalizar a produção cacaueira”.
Rodrigues também lembrou que no município de Ilhéus está acontecendo o 9º Festival Internacional do Chocolate e Cacau, com a presença de 30 marcas de chocolates baianos, sendo seis da agricultura familiar. Ele salientou que a Bahia deve ser rota turística para acessar os chocolates de qualidade: “Nós estamos aplicando recursos em base produtiva, agroindústria e comercialização”.


Convênios - Por meio do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à SDR, foram assinados dois convênios: Um com Associação de Mulheres do Assentamento Flor da Terra e o outro com Associação Comunitária do Assentamento Conjunto Formosa Flor da Terra. No total serão investidos de R$ 1.778.200,00 na área de fruticultura.

“Com a chegada de recursos vamos investir na aquisição de maquinas, equipamentos de informática e de um caminhão, assim vamos ampliar o trabalho da cooperativa, gerando mais emprego e fazendo mais parcerias com os catadores”
, celebrou a presidente da Cooperativa de Catadores Recicla Jequié, Juscilene da Encarnação, ao assinar o convênio no valor de R$214 mil, resultado de edital da CAR em parceria com o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES).

Já a presidente da Associação Rural Produtores Doces e Biscoitos Florestal Emiliano, Zelinda Souza Barros, informou que o convênio de R$199 mil, fruto do edital entre a CAR e BNDE ajudará na estruturação da Cozinha Comunitária da entidade: “Com esse recurso teremos equipamentos de ponta, iremos qualificar nossa produção e futuramente pretendemos fornecer nossos produtos para alimentação escolar e mercados locais”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário