terça-feira, 11 de julho de 2017

CRUZ DAS ALMAS: Edson Ribeiro diz que Mandado de Segurança entrou em falência e eleição para a Mesa Diretora ainda é incerta

Após uma decisão favorável do promotor de justiça, Dr Adriano Marques, dando parecer favorável ao pedido de Mandado de Segurança protocolado pelos vereadores da bancada de situação ao governo municipal, o promotor de justiça por meio do Ministério Público (MP-BA), considerou nula a atual mesa e opinou por uma nova eleição.

Diante de tal decisão, os três advogados do Jurídico da Casa Legislativa Municipal tomaram providências imediatas sob alegação de que o Mandado de Segurança entrou em falência por ter sido assinado pelo advogado Tiago Chagas, que também é vereador da Casa e portanto não pode advogar em prol da sua bancada ou em desfavor do Legislativo Municipal. O advogado foi substituído, mas segundo o presidente Edson Ribeiro, a infração já foi cometida.

Ao que tudo indica, uma longa batalha judicial está para ser travada em torno do comando geral do Poder Legislativo Municipal.

Questionado sobre recesso, Edson disse que é para preparar a Casa para Sessão Solene do 29 de Julho, data magna para cidade que comemora sua Emancipação Política.

Após o término da 21ª Sessão Ordinária na noite desta segunda-feira (10/7), Edson Ribeiro concedeu uma entrevista para nossa reportagem explicando toda situação e as providências que o Jurídico da Casa estão tomando em relação à última decisão do Ministério Público.

Ouça a entrevista no play abaixo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

loading...
loading...