loading...

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

PM prende em Umburanas homem que matou mulher a golpes de foice

Uma equipe da Guarda Municipal de Umburanas, prendeu no final da tarde desta sexta-feira 17/11 em uma estrada vicinal nas proximidades do Distrito de Delfino a pessoa de Edilson de Jesus Alves 47 anos, conhecido como “Grande”, o mesmo tem em seu desfavor um mandado de Prisão Preventiva expedido pela Justiça de Jacobina, o qual ele e acusado da morte da sua ex companheira Vania Lucia de Jesus Silva 39 anos, fato ocorrido no dia 30 de setembro de 2017 no município de Caém.

Segundo a Polícia, o crime chocou bastante a população do município de Caém cidade com aproximadamente 11 (onze) mil habitantes, segundo os fatos apurados, “’Grande” não se conformava com o fim do relacionamento, que acabou após várias agressões contra a sua ex companheira, e mesmo não estando mais juntos “Vera” ainda cuidava da alimentação do acusado, foi quando no dia 30 de setembro de 2017 um sábado, por vota das 18.30h “Grande” que teria bebido o dia inteiro, de possa de uma foice se dirigiu a casa de "Vera" localizada no loteamento Elvira Andrade conhecido como 18 e sem pena desferiu vários golpes contra a vítima que faleceu sem chance de defesa.

Segundo o Delegado Coordenador Dr Eduardo Brito, a troca de informações dos investigadores do Núcleo de Combate a Homicídios da 16ª Coorpin com a Guarda Municipal de Umburanas onde o mesmo poderia estar foragido, foi de fundamental importância na prisão de “Grande” o distrito do Delfino e uma área muito extensa com a vegetação em Caatinga e os Guardas Municipais trabalham diariamente naquela região e após identificar a localização de ‘'Grande” efetuaram a sua prisão, ainda segundo o Delegado, a parceria com as Guardas Municipais como já e feita com a Policia Militar, tem sido de extrema importância na elucidação de vários crimes.

“Grande” foi transferido ao Complexo Policial de Jacobina por medida de segurança, sendo que o mesmo é natural da região de Uburanas, onde será ouvido pelo presidente do inquérito que apura o Homicídio o delegado de Caém Dr Cesar Romero e permanecerá preso à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

loading...
loading...