loading...

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

DHPP solicita prisão preventiva de homem que matou a própria avó

A delegada Ana Cristina de Carvalho, titular da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central), vai solicitar à Justiça a prisão preventiva de Wesley Sousa de Jesus, de 24 anos, que espancou e matou a avó Lúcia Maria de Jesus, 65 anos, nesta quinta-feira (30), em Cajazeiras VIII.

Segundo testemunhas, Wesley iniciou as agressões ainda na noite de ontem (29), por volta das 23 horas, e só parou no início desta manhã quando policiais da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) chegaram ao local. Ele agrediu a avó com socos, empurrões e teria furados os olhos da idosa com os dedos.


Lucia Maria foi socorrida por uma equipe da SAMU para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde morreu. Wesley, que é usuário de drogas, foi conduzido pelos policiais para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foi autuado em flagrante por feminicídio.

No depoimento, ele alegou não se recordar do crime e não soube explicar o que motivou as agressões à avó. Em maio deste ano, Wesley foi preso por agredir a namorada e chegou a ficar três meses custodiado na Penitenciária Lemos de Brito, na Mata Escura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

loading...
loading...