sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Em nota, a prefeitura de Sapeaçu desmente boato sobre fechamento do Colégio Estadual Jonival Lucas

Na manhã desta quarta-feira (06/12) um grupo significativo de alunos foram as ruas da cidade de Sapeaçu, no Recôncavo baiano, para manifestarem contra a possibilidade de desativação de um colégio estadual que existe há 32 anos no município. Com cartazes e músicas de protestos, os discentes se deslocaram até o Paço Municipal e, com palavras de ordem, solicitavam providências da administração.

Sendo que na verdade tudo não passou de um boato criado em grupos de rede social equivocadamente distorcer a opinião pública dos estudantes e principalmente de pequena parte da população ainda pouco esclarecida.

Após o manifesto, a Secretaria Municipal de Educação emitiu uma nota oficial desmentindo tal boato e esclarecendo a população de que tal medida parte do governo estadual e não faz parte dos interesses da predmfeitura a té mesmo porque trata-se de uma instituição de ensino de competência do estado e não do município.

Acompanhe na integra o que diz a nota

"A Prefeitura de Sapeaçu, através da Secretaria Municipal de Educação informa que o Colégio Estadual Jonival Lucas não será fechado pelo Governo Municipal e repudia as informações que vêm sendo divulgadas por pessoas que tem intuito de confundir a sociedade.

Deve-se salientar que o Colégio Estadual Jonival Lucas é de responsabilidade do Governo do Estado e só ele tem o poder para tal feito, portanto o município não tem meios e nem algum tipo de interesse em fechar essa ou qualquer outra instituição, muito pelo contrário, o objetivo da atual administração é investir na qualidade do ensino, qualidade da merenda, mais cursos e especializações para o ensino superior gratuito e o cursinho pré-vestibular gratuito durante mais tempo.

Vale lembrar que Sapeaçu tem hoje uma gestão que se preocupa e tem investido muito nos avanços da educação, seja em parceria com programas ou instituições educacionais, que possam contribuir significativamente para o progresso e desenvolvimento da educação municipal".


Com informações de ASCOM-PMS/Fotos: Vitor Vianna/#ForteNoReconcavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário