sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Sindicato dos profissionais da imprensa vai apoiar greve sindical da próxima segunda-feira

Inicialmente com o lema “Se botar pra votar, vai parar”, em reunião nesta quinta-feira (15/02), sindicatos filiados a CUT decidiram parar na segunda-feira (19/02) com ou sem votação da Reforma da Previdência. Os diretores do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e de Publicidade (SINTERP/BA), Dimas Araújo e Everaldo Monteiro, estiveram presentes à reunião. A tropa se mostrou mobilizada e com vontade de mostrar quem é o movimento sindical.

Os Rodoviários estão participando ativamente do processo e prometem não rodar na greve de segunda. “Vamos parar se eles votarem ou não a Reforma da Previdência. Teremos um grande dia de mobilizações. Cada um sabe o seu papel. Precisamos encarar o processo de mobilização a cada dia. Todos nós já sabemos o que fazer nesta greve”, afirmou Cedro Silva, presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT/BA).

Haverá um ato na Praça do Campo da Pólvora, em frente ao fórum Ruy Barbosa, às 16h de segunda-feira, para o encerramento da greve. Dele participarão todos os personagens que lutarão neste dia, a exemplo de partidos de esquerda, centrais sindicais, MST, MPA, FETRAF, FETRAMEB, MAB, Movimento Negro, Movimento De Moradia Popular, Via Campesina, e Levante Popular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário