sexta-feira, 2 de março de 2018

CRUZ DAS ALMAS: Manifestantes atearam fogo em pneus dentro do campus da UFRB para bloquear a passagem de veículos para a Sapucaia

No fim da tarde desta sexta-feira (2/fev), duas guarnições do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) juntamente com a Polícia Civil se deslocaram até a sede da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) em Cruz das Almas, para conter os ânimos de manifestantes que atearam fogo em pneus causando o bloqueio de uma das principais vias de acesso para a universidade e a localidade da Sapucaia (zona rural). O manifesto organizado por alguns moradores da própria localidade, foi motivado pela morte decorrente de uma intervenção policial ocorrido na manhã do mesmo dia, tendo um morador da localidade morto em confronto com os policiais que reagiram aos disparos feitos por traficantes que atuavam por lá. O jovem de 18 anos, identificado como Edvaldo dos Santos Santos, conhecido por "Principe Pam", apontado pela polícia como gerente do tráfico a serviço da facção BDM-Bonde do Maluco, foi socorrido pelos próprios policiais após ser alvejado, mas não resistiu aos ferimentos e veio óbito a caminho da Unidade de Pronto Atendimento (UPA24h).
As a polícia conseguiu "sufocar" o protesto pondo logo um fim no início da noite.
Pinchamentos foram feitos nos muros do CETEP Alberto Torres com os dizeres "Luto Neto, Bia". Acredita-se que tenha sido feito pelos manifestantes ou estudantes, pois o suspeito era estudante do curso técnico de nutrição daquela instituição de ensino e possuía muitos colegas que o admiravam.
#ForteNoReconcavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário