segunda-feira, 23 de abril de 2018

Homem é morto por homens encapuzados dentro de casa em distrito de Maragojipe

Em Nagé (distrito) de Maragojipe, uma casa foi invadida por homens armados com capus nesta madrugada de segunda-feira (23) e efetuaram diversos tiros contra a vítima indentificada como Carlson Souza da França, vulgo "Sonson", de 38 anos. Os outros familiares que estavam no imóvel no momento da invasão também foram atingidos pelos tiros. "Sonson" morreu e os familiares ficaram feridos. Acredita-se que seja ato de vingança. A vítima já possua passagens pela polícia por diversos delitos. O homicídio cruel será investigado pela Polícia Civil.

F: #ForteNoReconcavo

7 comentários:

  1. investigar pra que? ja foi tarde....pombo sujo quando morre a policia deveria virar a cara!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. falador passal mal, tá no aviso

      Excluir
  2. Vai aprontar agora no colo do capeta ������

    ResponderExcluir
  3. Olhe me deixe, que homicídio cruel o quê ele ja matou tbm e agora pagou a morte,deus é justo, aqui se faz aqui se paga!
    E não foi nada de casa invadida, mataram foi em local público, na praça de nagé em frente a igreja e não teve esse negócio de familiares sairem feridos só foi a mãe dele que estava com ele no momento dos tiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mãe e os sobrinhos estavam, e só não foram atingidos pq fugiram, e foi dentro de casa sim, o que fizeram com essa familia foi covardia, até a mãe do rapaz atingiram, uma senhora com 3 tiros, independete do que ele tenha feito era um cara do bem, a familia é uma familia direito dentro de nage.

      Excluir
    2. Nada de local público, ele foi morto dentro de casa, que fica na praça de nagé, e ainda estava a mãe e os dois sobrinhos, filhos de marcia e tinha outra menina tambem, só nao tomaram bala pq sairam correndo, e quem é você pra falar em nome de Deus, assim como aconteceu com ele, pode acontecer com você tambem, se liga.

      Excluir
  4. Tenho pena só da mãe que é gente boa. Elê vai pagar no inferno.

    ResponderExcluir