quinta-feira, 17 de maio de 2018

Operação nacional descobre feirense envolvido com pedofilia na internet

Um morador de Feira de Santana foi preso na manhã desta quinta-feira (17) durante a operação nacional Luz na Infância 2, que combate a pornografia infantil na internet. O gerente de produção, Eugênio Figueiredo Barros, 44 anos, foi preso em uma empresa onde trabalha, na cidade de Alagoinhas, e na casa dele, no conjunto ACM, foram encontrados materiais relacionados a crimes de pornografia infantil.

Na residência do acusado foram apreendidos computadores, pen drives e DVDs contendo fotos e vídeos de crianças e adolescentes, além de bonecas, várias delas infláveis, preservativos, e duas pistolas de calibre 380.

Segundo o delegado Roberto Leal, coordenador regional de Policia Civil, Eugênio negou que abusasse de crianças, mas confessou informalmente que compartilhou e visualizou imagens em arquivo, mas a polícia vai investigar se ele atraia crianças.

“Através de investigações a nível nacional foram descobertas várias pessoas que estavam compartilhando imagens e vídeos, onde existem crianças e adolescentes na prática do sexo e por esse motivo foi feita uma operação e hoje, foi realizada busca e apreensão na residência dessa pessoa, em Feira de Santana”, informou Leal.

Sobre as bonecas encontradas na casa do suspeito, o delegado informou que será investigado se Eugênio utilizava o material para atrair crianças.

A delegada Daniele Mathias, que também participou da operação, informou que o suspeito revelou que tem um relacionamento estável, mas mora sozinho na casa, onde foram encontrados os materiais de pornografia infantil. Ainda de acordo com a delegada, ele também não comprovou o registro das armas.

A delegada disse que todo o material relacionado a fotos e vídeos será periciado. “Material vasto, muitas fotografias, vídeos pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. Esse material está sendo analisado e é bastante grande, e choca bastante, inclusive com uma criança de um ano”, revelou.

No total, 31 mandados de busca e apreensão foram expedidos na Bahia, sendo cumpridos pelas polícias Federal (PF) e Civil (PC).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

loading...
loading...