quarta-feira, 9 de maio de 2018

Ex-secretário de Administração municipal é suspeito de agredir e matar o próprio filho a machadadas

O ex-secretário de Administração de Itaberaba, Alberto Magno Leal, é suspeito de agredir o próprio filho, Alberto Magno Filho, em plena praça pública, no município localizado na região da Chapada Diamantina, na Bahia.

Segundo informações do site Aratu Online, cerca de 40 dias após os golpes, o jovem, que estava internado na UTI do Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, morreu.

Conforme informou um denunciante ao portal de notícias, o rapaz cobrava ao pai uma comissão de R$ 5 mil sobre o valor da venda de um imóvel. Em protesto pelo não pagamento, ficou acampado na Praça Nossa Senhora do Rosário, em Itaberaba, por mais de três meses, até o dia da agressão.

Em 2015, Alberto acusou o prefeito João Filho e o presidente da Câmara, Paraná, de serem os mandantes da ação criminosa em sua residência.

Atestado de óbito

Nenhum comentário:

Postar um comentário