sábado, 26 de maio de 2018

GOV. MANGABEIRA: Falta de combustível nos postos da região leva prefeito a decretar contingenciamento na frota de veículos da prefeitura

O Prefeito de Governador Mangabeira, Marcelo Pedreira, decretou o contingenciamento do uso de veículos da prefeitura por falta de combustível nos postos da região. Uma Nota Oficial foi publicada avisando a população sobre a medida. Veja a baixo o que diz a Nota:

O Prefeito Marcelo Pedreira, visando salvaguardar a continuidade dos serviços essenciais, notadamente de Saúde, Limpeza Pública e Segurança, determinou o contingenciamento do uso de veículos para todas as demais unidades da Prefeitura. Para tanto, deverão ser recolhidos ao pátio de suas respectivas unidades todos os veículos que servem ao Município, próprios ou locados, a fim de que, havendo necessidade extrema, a quantidade de combustível existente nos veículos da frota possa ser utilizada para abastecer os veículos que servem à Saúde – especialmente as ambulâncias, Segurança – viaturas da Polícia Militar, e Limpeza Pública – caminhão compactador e caçambas.

Diante da falta de combustível em todos os postos do município e dos municípios circunvizinhos, somos forçados a suspender todos os demais serviços e viagens.

A Secretaria Municipal de Saúde deverá analisar com os prestadores de serviços a possibilidade ou não de garantir o deslocamento dos pacientes em Tratamento Fora do Domicílio (TFD) a partir da próxima segunda-feira, dia 28/05, dando ciência previamente aos pacientes com agendamento.

A Secretaria Municipal de Educação deverá avaliar, na próxima segunda-feira, dia 28/05, as condições necessárias de transporte e merenda escolar para a manutenção regular das aulas.

As demais Secretarias deverão manter suas atividades em expediente administrativo interno, ficando suspensas, exceto em caráter de extrema urgência, todas as atividades externas que demandem a utilização de veículos.

O Governo da Mudança pede a compreensão de toda a população para a limitação dos serviços, mas não podemos correr o risco de deixar de atender os serviços considerados essenciais.

Reafirmamos aqui a nossa compreensão e apoio às manifestações populares, lideradas pelos Caminhoneiros, pois, de fato, a política de preços praticada no tocante aos combustíveis está impactando negativamente na vida de todos os cidadãos e é necessário a adoção de medidas que retomem a capacidade de trabalho desta importante categoria que garante, no dia-a-dia, o abastecimento dos diversos setores do país.

Por: ASCOM-GOV. MANGABEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário