quarta-feira, 20 de junho de 2018

Alan Sanches quer saber até quando a SSP vai alegar que as pesquisas são falhas, “mesmo diante da realidade escancarada"

O deputado estadual Alan Sanches (DEM), quer saber até quando a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP) toda vez que sair dados que envolvem todo país e não apenas a Bahia, como o Atlas da violência, divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea, e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, como o ranking brasileiro das cinco cidades mais violentas, sendo quatro na Bahia (Eunápolis, Simões Filho, Porto Seguro e Lauro de Freitas), vai alegar falha na coleta de dados.

“Ao invés de fazer seu papel, pensando efetivamente em ações de inteligência, que possam, de fato, amenizar o caos instalado e que não apenas os números confirmam, mas que está diante da realidade escancarada, lamentou, relembrando um último final de semana (sábado e domingo), que registrou o maior número de mortes em Salvador e RMS, conforme mostra o boletim da própria secretaria: 30 mortes, incluindo dois policiais. Ou seja, os números são claros”, destacou, conclamando por soluções em prol da população, “que tanto vem sofrendo e cada vez mais se enclausurando dentro de suas próprias casas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário