quinta-feira, 14 de junho de 2018

GOV. MANGABEIRA: Rádio CEPAVP realiza II Concurso de Música com alunos

Pelo segundo ano consecutivo, a Rádio CEPAVP, do Centro Educacional Professor Agnaldo Viana Pereira, em Quixabeira, realizou o Concurso de Música com os alunos. O objetivo do concurso é incentivar as habilidades dos estudantes e as práticas culturais, premiando aqueles que se destacam em apresentações musicais.

Divido em três etapas, o Concurso contou com a participação de vinte alunos, dos quais os cinco primeiros colocados foram premiados na final. O vencedor ganhou troféu e medalha, enquanto os que se classificaram entre segundo e quinto lugares receberam medalhas. Todos os premiados também ganharam um curso de violão com duração de quatro meses, que acontecerá na própria escola.

O idealizador e organizador do Concurso é Ivanilson Mendes, que também é o responsável pela Rádio CEPAVP. Segundo ele, o concurso vem crescendo a cada edição, tanto em numero de participantes, quanto na premiação e qualidade do material apresentado. Ele também afirmou que a direção da escola tem dado todo o apoio à realização do evento, assim como as demais ações desenvolvidas pela Rádio.

O gestor do CEPAVP, Elson Santos, elogiou o trabalho que a Rádio está realizando na unidade. “É um trabalho que sempre traz coisas boas. É concurso de locução, de voz, violão. Essa Rádio foi um presente para a escola, porque a gente pode fazer várias ações que são benéficas ao nosso ambiente escolar”, exaltou. Ele contou ainda que o serviço de som tem utilidade pública na escola, servindo de meio para difusão de anúncios sobre avaliações, recados, entre outros, além de momentos recreativos com músicas selecionadas. “Não são todos os tipos de musicas. Não permitimos canções com vulgaridade, duplo sentido, por exemplo”, destacou.

Elson afirmou também que o trabalho na rádio contribui com a evolução dos alunos, como é o caso do próprio Ivanilson, que, segundo ele, era um aluno muito tímido e apresentava dificuldades na escrita e interpretação, hoje superadas. “A gente se orgulha do trabalho que ele faz. E não apenas na rádio, mas ajuda a escola de forma voluntária no que precisar. Enquanto muitos jovens estão usando drogas, fazendo outras coisas ruins, ele está aqui dentro da escola voluntariamente. E ainda está incentivando outros alunos. Isso faz com que a educação evolua”, completou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário