segunda-feira, 24 de setembro de 2018

SANTO AMARO: Ricardo Machado deve permanecer preso mesmo após habeas corpus do STJ

Ricardo Machado (PT) ainda não deve ser solto, apesar do habeas corpus expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). O ex-prefeito suspeito de desviar ao menos R$ 24 milhões dos cofres públicos de Santo Amaro ainda tem duas prisões preventivas que precisam ser julgadas pelo STJ no âmbito da Adsumus. Até que todos os pedidos sejam analisados em favor do gestor, o HC expedido não tem efeito.

A reviravolta contraria a expectativa da família que aguardava a libertação do petista nos próximos dias. Um especialista ouvido pelo Bahia Notícias ainda lembra que, mesmo que o STJ julgue todos os pedidos de liberdade precedentes, a Primeira Turma da Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que cuida do caso de Machado, precisa expedir alvará de soltura.


F: Bahia News

Um comentário:

  1. Pena de morte é só para os pobre, sem casas e sem alimentos. Não é para os "abençoados" que desviam milhões e bilhões da sociedade, que não tem nem alimentos em suas humildes residências, humilhados pela sociedade.

    ResponderExcluir