terça-feira, 5 de março de 2019

CACHOEIRA: MP recomenda que PM aja em caso de nova invasão a Terreiro

Devido à invasão sofrida pelo Terreiro Ilê Axé Icimimó Aganjú Didè, em Cachoeira, no Recôncavo, na última quarta-feira (27), o Ministério Público do Estado (MP-BA) expediu recomendação para o Grupo Penha, empresa do ramo de derivados de celulose, não cause nova invasão. Segundo o pedido do MP-BA, em caso de nova invasão, a Polícia Militar deve ir imediatamente ao local para promover “as medidas cabíveis indicadas na recomendação”.

Ainda segundo o MP-BA, integrantes da empresa invadiram o local armados, fazendo ameaças e intimidação. O fato teria ocorrido “às vésperas do Carnaval, ocasião em que a maioria do efetivo da Polícia Militar está alocada na capital, com risco iminente de destruição de espaços sagrados e danos irreparáveis”, pontuam os autores da recomendação, os promotores Savio Damasceno e Lívia Vaz, coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Proteção dos Direitos Humanos e de Combate à Discriminação (Gedhdis).

O Terreiro Ilê Axé Icimimó Aganjú Didè é reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado da Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário