sábado, 6 de abril de 2019

Assaltante de banco de Gov. Mangabeira morre em confronto com a polícia; o mesmo era suspeito do sequestro de "Tonho Careca"

Uma operação integrada das polícias Militar e Civil localizou, no início da manhã deste sábado (06/abril), o assaltante interestadual de banco Gean Barbosa Cardoso, vulgo 'Gean do Encruzo ou "Canário", que residia na localidade rural do Encruzo em Governador Mangabeira. O criminoso liderou ataques na Bahia, Minas Gerais e Tocantins.

Após meses de ações de inteligência, o assaltante, que possuía mandado de prisão em aberto por roubos contra instituições financeiras, foi encontrado no bairro de Pernambués, em Salvador.

O imóvel foi cercado e durante tentativa de cumprimento da ordem judicial, Canário atirou e terminou atingido. Ele foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Com ele foram apreendidos dois artefatos explosivos, detonadores, uma pistola calibre 40, munições, entre outros itens. 

Participaram da ação equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), do Batalhão de Choque, do CPE, Draco, SI da SSP, Depin, Cipe LN, 1ª   e 27ª  CIPMs e Rondesp Leste.

Canário atuou em explosões de agências nas cidades baianas de Maragojipe, Conceição de Feira, Castro Alves e Governador Mangabeira. Além dos roubos, o criminoso tem participação ainda em sequestros ocorridos nos municípios de Santo Antônio de Jesus, Cruz das Almas e Muritiba.

"Mais uma demonstração de união da polícia baiana. Parabéns aos militares e civis que participaram das investigações e localização deste perigoso alvo", declarou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

SEQUESTRO
Há suspeitas de que Canário tenha sido o co autor do sequestro do empresário fazendeiro "Tonho Careca", morador de Cruz das Almas. A vítima foi surpreendida por cinco sequestradores no dia 10 de janeiro de 2016 quando chegava em sua fazenda. Na ação criminosa, o empresário foi obrigado a entrar no carro dos sequestradores que fugiram por uma estrada vicinal da comunidade rural dos Poções onde ocorreu o sequestro. 

"Tonho Careca" foi libertado pelos sequestradores no dia 12 de janeiro para alívio de amigos e familiares que estavam apreensivos.

Com informações da SSP/Jornal Forte no Recôncavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário