terça-feira, 16 de abril de 2019

Programa de Saúde na Escola (PSE) inicia suas atividades em Mangabeira

Nesta terça-feira, (16/abril), o Governo da Mudança, através da Coordenação de Atenção Básica e da Secretaria de Educação, iniciou as atividades do ciclo 2019 do PSE – Programa de Saúde na Escola. A equipe da Unidade Básica de Saúde Irmã Blandina, do Portão realizou diversas atividades na Escola Infantil Vovó Dedé, tais como: orientações de combate ao mosquito Aedes Aegypti; avaliação da saúde bucal e aplicação de flúor; promoção da alimentação saudável; verificação da situação vacinal e avaliação antropométrica, dentre outras. Para isso, contou com a participação das estagiárias de nutrição e odontologia, enfermeira, odontóloga, nutricionista e agentes comunitários de saúde.

Já a Unidade de Saúde da Família, Dr. Otto Alencar realizou uma grande ação em parceria com a FAMAM na Escola Viana. Estudantes dos cursos de Enfermagem e Odontologia, bem como os profissionais da unidade de saúde desenvolveram atividades com os alunos, como orientações sobre escovação e aplicação de flúor. Também aconteceram palestras sobre o combate ao aedes aegypti, dinâmicas e exibição de vídeos didáticos.

O Programa Saúde na Escola (PSE) é uma política intersetorial da Saúde e da Educação, voltada a crianças, adolescentes, jovens e adultos da rede pública de ensino. A articulação entre as equipes de saúde e as escolas do município é a base do programa e preconiza o desenvolvimento de ações, através de práticas de promoção da saúde, prevenção de doenças e acompanhamento das condições clinicas dos alunos. Em Governador Mangabeira, tão logo assumiu a gestão em 2017, o Governo da Mudança aderiu ao programa. A adesão é bianual e os expressivos resultados obtidos em 2017 e 2018 fizeram que com que a Prefeitura renovasse a adesão para o período 2019/2020.

Estas são as 12 ações do Programa de Saúde na Escola - PSE, a serem desenvolvidas pelas equipes de Saúde e Educação:

• Ações de combate ao mosquito Aedes aegypti; 
• Promoção das práticas corporais, da atividade física e do lazer nas escolas;
• Prevenção ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas;
• Promoção da cultura de paz, cidadania e direitos humanos;
• Prevenção das violências e dos acidentes; 
• Identificação de educandos com possíveis sinais de agravos de doenças;
• Promoção e avaliação de saúde bucal e aplicação tópica de flúor;
• Verificação e atualização da situação vacinal;
• Promoção da alimentação saudável e prevenção da obesidade infantil;
• Promoção da saúde auditiva e identificação de alunos com sinais de alteração; 
• Direito sexual e reprodutivo e prevenção de DST/AIDS;
• Promoção da saúde ocular e identificação de alunos com sinais de alteração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário