quarta-feira, 24 de maio de 2017

Crise econômica obriga prefeitura da cidade de Maragogipe a cancelar festejos juninos

Numa ação inédita e considerada coerente diante da crise econômica nacional provocados por inúmeros escândalos políticos, a prefeitura do município de Maragogipe, no Recôncavo Baiano, decidiu cancelar os festejos juninos deste ano. Em nota oficial a prefeitura justifica os reais motivos que levaram ao cancelamento da festa.


NOTA DE ESCLARECIMENTO

Após diversas reuniões entre o secretariado municipal e a prefeita Vera Lúcia,
ficou decidido o cancelamento do evento Forró do Cais, edição 2017. A
decisão foi tomada frente à atual situação econômica que afeta todo o país e
que também atinge o município de Maragojipe. A deliberação teve em vista a
realização dos festejos ao padroeiro da cidade, que acontece durante todo o
mês de agosto, e gera um gasto maior aos cofres públicos.
O projeto para realização da festa de São Bartolomeu já foi concluído e a
programação está sendo feita buscando-se diversos artistas expressivos para
compor a grade de atrações.
Levando em consideração que o Bando Anunciador da festa é realizado 40
dias após o São João, a gestão municipal toma essa decisão frente a uma
série de prioridades que tem para com a população maragojipana, como a
implantação do posto de saúde no distrito de Guapira e a inauguração da praça
Getúlio Vargas, no bairro do Saboeiro, obras que serão entregues ainda nesse
semestre.
A tradição será mantida e somente a edição desse ano do Forró do Cais que
ficará suspensa. O São João tradicional de Maragojipe é forte, emana do seu
povo festeiro e hospitaleiro que mantém viva suas tradições.

Autoria: ASCOM - Prefeitura Municipal de Maragojipe/#ForteNoReconcavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário