segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Governador da Bahia, Rui Costa, declara apoio a Jaques Wagner

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), declarou apoio ao ex-governador petista, Jaques Wagner, investigado por supostos desvios de R$ 82 milhões em propina e caixa 2 na construção de um estádio de futebol. “Tenho absoluta confiança na lisura de tudo o que foi feito, conheço o ex-governador há 25 anos. A investigação vai comprovar tudo o que foi feito”.

Costa afirmou ter acesso à contabilidade do projeto e disse que não haver nenhuma irregularidade. “Os números que eu tenho, e vocês podem comparar, é que o estádio da Fonte Nova foi o mais barato entre todos os que já foram construídos no Brasil. Vamos continuar trabalhando. Aqueles que têm a ideia de que nos atacar vai criar algum tipo de susto, pode ficar com o cavalinho ‘debaixo’ da chuva”.

O governador disse que “a Bahia é exceção à regra nacional”, referindo-se à falta de políticos regionais envolvidos em escândalos de corrupção. “Somos o estado que mais investe em agricultura familiar, saúde, mobilidade urbana (...) Esses títulos, vamos continuar mantendo. Investigações com a presença da imprensa têm fins midiáticos. Propaganda negativa em ano eleitoral. Nosso país, infelizmente, só reafirma essa tendência à parcialidade”, finalizou.

Há dois anos, Rui Costa também foi investigado pela Polícia Federal. À época, o governador foi acusado de fraudar licitações do Ministério das Cidades para financiar campanhas eleitorais. Ao todo, 16 mandados de busca e apreensão foram expedidos no que ficou conhecido como Operação Hidra de Lerna.


F: Correio Braziliense

Um comentário:

  1. Tudo farinha do mesmo saco,rebanho de carniça,quero ve a queda de cada um de vocês!!!

    ResponderExcluir