sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Cadeirante e filho são mortos cruelmente em Itabuna

Por volta das 4h da manhã desta quinta-feira (13/9), homens encapuzados invadiram uma residência no Bairro Daniel Gomes, próximo ao campo de futebol. As vítimas Adeilton Cardoso Santos, 39 e Alan Oliveira Santos,15. Adeilton era cadeirante, por haver sofrido uma tentativa de homicídio há alguns anos, de acordo com à Polícia o mesmo já tinha antecedentes por tráfico de drogas, ele já havia sofrido um atentado em 2015, que o deixou paraplégico; mas de acordo informações, ele continuava atuando no mundo crime. Após terem quebrado o cadeado, entraram atirando nas duas vítimas que estavam dormindo no local.

O adolescente foi assassinado com dois tiros, um deles atingiu o coração. Segundo informações dos moradores, os dois eram pais e filho. Os moradores da localidade, informaram que vários homens encapuzados, chegaram em um carro, quebraram o cadeado, arrombaram a porta e começaram a disparar, segundo eles foram muitos tiros. Estavam na casa apenas eles. Segundo o blog local Itabuna24horas, Parentes da vítima informaram que Alan, não tinha envolvimento com as atividades do pai, que era um menino bom e estudioso e lamentavam muito pela barbárie que fizeram ao garoto.

O avô que esteve presente no local, disse que mataram um inocente. Professores do Cedep, onde Alan estudava, ao saber da notícia, ficaram comovidos, pois segundo a diretoria, ele era um ótimo aluno, desenhava muito bem e estava fazendo um curso para desenhista. A Polícia Militar e o Departamento de Perícia Técnica (DPT), chegaram ao local, após aviso de populares. Os corpos foram encaminhados ao DPT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário