segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Maragojipe adere à campanha nacional Limpando os Manguezais

O Projeto CO2 Manguezal, executado pela Fundação Vovó do Mangue com vistas à recuperação e preservação de áreas de mangue nas baías de Iguape e de Todos os Santos, aderiu à campanha nacional II Limpando os Manguezais. Promovida pela entidade Ecomuseu Natural do Mangue (Ecomunam), a ação acontecerá no próximo sábado, dia 29, a partir das 8h, em cidades de vários estados do litoral brasileiro, tendo o CO2concentrado sua participação na área de mangue do bairro do Caijá, em Maragojipe, um dos quatro municípios baianos atendidos pelo projeto.

Para fortalecer o sucesso do “faxinaço” em Maragojipe, a equipe do CO2 Manguezal está convidando, de forma voluntária, a comunidade local. “É uma oportunidade de conscientizarmos a população maragojipana e de toda a região quanto à necessidade de preservar os manguezais, que é um rico e diverso habitat da fauna e da flora, além de um berço natural para o sustento de muitas famílias”, enfatizou a coordenadora geral do Projeto, Rosiane Campos.

Além da Bahia, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Maranhão, Pernambuco, Ceará, Santa Catarina e Pará também já aderiram ao movimento, formando uma grande rede de limpeza.

Ecomunam - O EcoMuseu Natural do Mangue é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, cuja sede está situada na Praia de Sabiaguaba, na cidade de Fortaleza (Ceará). A entidade tem como principal objetivo a conscientização e preservação dos manguezais, já tendo atuado de forma colaborativa com movimentos socioambientais locais, regionais e internacionais.

Por: Hilda Fausto – DRT 1748

Nenhum comentário:

Postar um comentário