quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Interesse em marido motivou envenenamento de família em Maragogipe, diz Polícia Civil

Após mais de dois meses, o crime que chocou Maragogipe foi esclarecido pela Polícia Civil. Elisângela Almeida Oliveira envenenou Adriane e as filhas, depois que a autora passou a demonstrar interesse pelo marido da vítima e as duas se desentenderam. A informação foi divulgada nesta terça-feira (16/10), pela Delegacia Territorial (DT) do referido município. Elisângela e Valci Boaventura Soares estão presos desde o dia 11 de outubro, quando a polícia cumpriu um mandado de prisão temporária contra o casal. A polícia apurou que a mulher utilizou um inseticida de uso agrícola, misturado em alimentos oferecidos as vítimas para consumar o crime. Um mandado de busca e apreensão já havia sido cumprido na casa de Elisângela e Valci, que vinha coagindo testemunhas para que não dessem informações à polícia e destruindo provas que poderiam revelar seu envolvimento nas mortes.

F: Aratu

Nenhum comentário:

Postar um comentário