domingo, 7 de outubro de 2018

Lixo eleitoral transforma ruas de Cruz das Almas em 'mar de santinhos'

As ruas próximas a sessões de votação, em Cruz das Almas/Ba, amanheceram já na manhã deste domingo (7) cobertas de santinhos jogados por candidatos e militância. A distribuição do material de propaganda em dia de eleições é crime. Quem descumprir a regra pode ser punido com prisão de 6 meses até um ano e pagamento de multa que pode chegar a R$ 15.961,50. Um flagrante deste descumprimento às regras eleitorais foi flagrado por nossa reportagem na Rua Clodoaldo Gomes da Costa, onde fica a 142ª Sessão Ordinária, na Escola Estadual Maria Peixoto.

A pratica de jogar santinhos nas vias públicas no dia da votação, além de crime eleitoral, é configurado como crime ambiental. Infelizmente, o município amanheceu coberto de lixo eleitoral, como foi denunciado pela reportagem do Jornal Forte no Recôncavo.

Filas e biometria
Criado para agilizar e garantir a lisura ao processo eleitoral por todo o país, o cadastro biométrico tem sido apontado como o causador de longas filas nos locais de votação em várias partes do Brasil neste domingo (7) de primeiro turno das eleições.

Em Cruz das Almas, no Recôncavo baiano, foi registrado problemas para recadastrar os eleitores ao novo sistema, a reportagem do JFR presenciou uma demora de até duas horas e meia. Eleitores reclamaram da espera. A morosidade ocorreu nas Sessões Eleitorais tanto da sede quanto da zona rural. "Está muito desorganizado", reclamou uma eleitora de 50 anos, que ficou pouco mais de duas horas na fila da zona 142 da Escola Municipal Maria Peixoto. Os portões foram fechados propositalmente às 17h em todas as zonas eleitorais para evitar a entrada de retardatalhos, mas o voto foi garantido a todos que permaneceram dentro dos locais de votação que se estendeu até às 21h. Mesmo com esses fatos isolados, o TRE e o MP/BA consideraram normal o processo de votação. Brigas em via pública entre eleitores adversários e boca de urna com prisões em flagrante foram registrados no Plantão Central da Delegacia Territorial de Cruz das Almas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário