terça-feira, 27 de novembro de 2018

O Boiadeiro promove palestra voltada para criadores de equinos na sede da CDL em Cruz das Almas

O Boiadeiro em parceria com a rações Pratigi e Cia, promoveu uma palestra técnica ocorrida na noite desta segunda-feira (26/11) no auditório da Câmara de Dirigentes Logistas (CDL). A palestra técnica teve o objetivo de desmistificar mitus a respeito da alimentação e criação de cavalos. O palestrante, Dr. Alexandre Augusto de Oliveira Gobesso, apresentou a diferença de apenas alimentar e a importância de nutrir um cavalo seja para exposição ou para prepara-lo para uma corrida.

De acordo Gobesso, para nutrir adequadamente um animal, é preciso seguir algumas medidas, como o uso de suplementos. No entanto, o manejo também é importante. Fracionar a alimentação ao longo do dia, fornecer o máximo de verde possível, água de boa qualidade em abundancia, não deixar alimentos por muito tempo no cocho e respeitar os horários de fornecimento também são práticas essenciais.

Ainda segundo Gobesso, cavalo foi feito para comer capim, mas necessita também de ração. “Cavalo não pode comer ração com fome. Ele tem que comer forragem antes”, alertou. Comentou sobre os processos de fabricação das rações e explicou cada um deles, desde a laminada, a peletizada e a extrusada e informou que o que importa é a qualidade da proteína presente na ração.

Gobesso ressaltou ainda sobre a importância da água na alimentação dos equinos e falou sobre as vantagens do óleo vegetal. Dentre diversos assuntos abordados, Gobesso disse que cavalos é um animal sociavel e que deve ser mantido sempre numa baia com outros cavalos para evitar diarreia ou uma possível depressão do animal. "O animal deve sempre percorrer no mínimo 6 km por dia para fortalecer os músculos...", alertou Gobesso.

Tanto criadores quanto estudantes de medicina veterinária demonstraram imensa satisfação pela enriquecedora palestra promovida pelo O Boiadeiro, "A Casa do Fazendeiro", que há mais de três décadas oferece à sua clientela produtos agropecuários de renome a nível nacional como por exemplo das rações Pratigi. Agnaldinho Viana, proprietário do Boiadeiro, demonstrou imenso contentamento pela quantidade de pessoas presentes na palestra. Uma verdadeira demonstração de que havia um vacuo de dúvidas a serem preenchidas por um técnico especializado na área.


Sobre a Pratigi Alimentos
Pratigi e Cia é uma empresa social e ambientalmente comprometida, com práticas de gestão e governança alinhadas aos 8 objetivos do Milênio da ONU. Com seis anos de atuação e quatro anos de mercado, ocupando uma posição de destaque entre os principais fabricantes de alimentos para organismos aquáticos e atuando como a maior indústria de nutrição animal Premium da Bahia.

Todos os produtos que entram ou saem da fábrica passam por um rigoroso processo de análise que atesta a qualidade da matéria-prima ao produto final. A Pratigi Alimentos conta com um dos mais modernos laboratórios de análises em sua unidade e com profissionais especializados que atuam juntamente com a Produção, garantindo a entrega de alimentos com alto padrão e segurança alimentar.

A segurança da equipe também é tema essencial da gestão, que conta com consultoria técnica especializada e presente na unidade, reforçando regras e padrões seguros para a atuação dos integrantes.

Um médico veterinário de longo currículo:
Dr. Alexandre Augusto de Oliveira Gobesso, é
médico veterinário graduado pela Universidade Estadual de Londrina, Mestre em Nutrição Animal pela Universidade de São Paulo (1997), Doutorado em Zootecnia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001) e, Livre Docência pela Universidade de São Paulo (2009). Professor Associado da Universidade de São Paulo, técnico de registro da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo de Hipismo, técnico de registro da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Árabe, técnico de registro da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Pônei, técnico de registro e juiz do quadro oficial da Associação Brasileira dos Criadores de Mini Horse. Consultor "Ad Hoc" dos periódicos Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, Revista da Sociedade Brasileira de Zootecnia e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Atua na área de Produção de Equinos, principalmente com manejo, criação e alimentação.

F: #ForteNoReconcavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário