terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Identificou homem que tentou contra a vida de policial civil

Durante entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (11), o delegado Roberto Leal, coordenador regional de Polícia Civil (1ª Coorpin), informou que já foi identificado o homem que tentou contra a vida de um policial lotado na Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) de Feira de Santana. O fato aconteceu por volta das 21h30 deste domingo (10), na rua Newton Rique, bairro São João, em Feira de Santana.

De acordo com a polícia, o policial e o agressor estavam em um show que aconteceu no estacionamento do Boulevard Shopping e teria acontecido algum desentendimento entre eles após o suspeito brigar com uma mulher que o acompanhava. Essa informação da polícia se baseia em imagens já analisadas e outras gravações estão sendo solicitadas para ajudar na investigação.

Após saírem do show, coincidentemente, os veículos dos homens estão parados no mesmo estacionamento de um estabelecimento e percebe-se em imagens os dois discutindo. A mulher tenta acalmar os ânimos do companheiro e após o policial de afastar, ele tira a camisa e o chama para luta corporal. “Ele (policial) foi ao local, tentou conversar, as imagens do vídeo são muito claras, no sentido de que em momento nenhum o policial fez qualquer tipo de início de agressão. Entram em luta corporal e o policial continua sem querer sacar a arma de fogo a fim de contê-lo. Na verdade a intenção do policial é nítida no vídeo, queria conter o agressor para que ele não agredisse a companheira”, contou o delegado.

Percebe-se no vídeo que o homem consegue derrubar o policial e passar a desferir chutes e socos que deixam a vítima desacordada. Uma terceira aparece no vídeo, tentando apartar a briga, mas o agressor tira a arma que estava na cintura do policial e dispara na direção do desconhecido. “Esse agressor pegou a arma que estava na cintura do policial que já estava desmaiado. Além de fazer a manobra de carregamento, de colocar a munição na câmera, porque o policial em momento nenhum fez essa manobra, efetuou um disparo em direção a essa pessoa, em seguida retorna e pelas imagens que estão sendo levantadas agora, dá para perceber um clarão no momento que ele abaixa a arma. Nós estamos imaginando aqui que houve um disparo de arma de fogo em relação ao policial, mas graças a Deus ele não foi atingido”, completou o delegado.

Após agredir e deflagrar os tiros, o suspeito leva a arma do policial, entra no veículo com a mulher e foge do local. O policial foi socorrido para um hospital particular, onde permanece internado e será submetido a novos exames.

De acordo com o delegado Roberto Leal, testemunhas que estavam no show serão ouvidas e novas imagens serão examinadas. Também informou que o acusado deverá responder por dupla tentativa de homicídio.

A delegada Klaudine Passos, titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), informou que o motorista que interviu na briga já foi ouvido como principal testemunha do caso. Segundo ela, a intervenção do caminhoneiro foi fundamental para evitar algo pior para o policial. Klaudine informou ainda que o policial está bastante machucado, mas consegue falar.

F: Blog Central de Polícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário