sábado, 11 de maio de 2019

SANTO A. DE JESUS: Polícia Civil prende acusado de estuprar e ameaçar criança de morte

Foi preso pela Polícia Civil de Santo Antônio de Jesus, na manhã deste sábado (11/maio), o individuo identificado como Welisson Sales Andrade, acusado de estupro de vulnerável, tendo como vítima uma criança.

De acordo com as investigações, a vítima (a menor), foi reiteradamente abusada sexualmente pelo acusado e ameaçada de morte.

Em interrogatório, acompanhado de seu advogado, o acusado negou o cometimento do crime, porém a despeito de negar as condutas, a sua narrativa muito se assemelhou aos fatos similares aos depoimentos das testemunhas ouvidas, inclusive em relatórios do Conselho Tutelar e relatório psicossocial.

Diante da gravidade concreta da infração e periculosidade do acusado, que ameaçou matar a criança caso esta contasse o ocorrido, a Polícia Civil se cercou de cuidados para proteger a criança representando de imediato pela Prisão Temporária do acusado , que foi deferida.

No curso das investigações foram ouvidas testemunhas que confirmaram os fatos.

A violência sexual contra criança, que geralmente é praticada por pessoas próximas e/ou familiares dificulta as investigações, tendo em vista que os agressores tendem a ocultar a prática delituosa através de supostas relações de afeto com a vítima e por isso a vítima não revela seu sofrimento por medo ou pela vontade de manter o equilíbrio familiar.

Evidenciou-se através de relatório psicossocial as terríveis sequelas que aterroriza a vítima, que relatou “que a criança por ter vivido com pouca idade uma violência tão extrema fez da menor uma menina de olhar triste como as suas colegas de escola a descreveram”.

Diante dos fatos, a Delegada de Polícia, ao concluir a investigação, representou pela decretação da prisão preventiva do acusado, que foi deferida pelo Juiz e cumprida nesta data de 09 de maio de 2019.

Welisson está recolhido na carceragem da Delegacia de Santo Antônio de Jesus-Ba à disposição da Justiça Criminal.

F: Polícia Civil- 4ª Coorpin- Núcleo de Proteção à Mulher

Nenhum comentário:

Postar um comentário