quarta-feira, 26 de junho de 2019

SÃO FELIPE: Homem morre ao acender bomba caseira; HRSAJ atendeu 1.254 vítimas por queimaduras

Morreu na noite desta segunda-feira (24/6) no hospital regional de Santo Antônio de Jesus, um homem identificado como Antônio da Conceição Santos de 32 anos, vítima de graves queimaduras após acender uma bomba caseira..

O acidente aconteceu na localidade do Campo das Flores, que fica entre as divisas de São Felipe & Cruz das Almas.

Segundo informações, Antônio foi acender uma bomba de fabricação caseira, quando a mesma acabou explodindo de forma antecipadamente, atingindo o peito e a região do pescoço, sofrendo graves queimaduras.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU/192), foi acionado para prestar os primeiros socorros. Antônio foi levado para a emergência do hospital local e em seguida encaminhado para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, onde foi acolhido pela equipe médica plantonista, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e veio a óbito.

Antônio deixa esposa grávida de 8 meses e no mesmo dia da fatalidade ele completaria 32 anos de idade.

Balanço do HRSAJ
O Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ), unidade referência no atendimento a queimados, registrou, no período de 20 a 24 de junho deste ano, 1.254 atendimentos de emergência, dentre eles, foram atendidas 18 pessoas vítimas de queimaduras e fogos de artifício.

A maior parte das queimaduras teve como causa os fogos de artifício, com o registro de 12 pessoas, seguida por queimadura com água quente, com três vítimas, óleo quente (02) e material plástico (01).

Os atendimentos aconteceram, em sua maioria em pacientes do sexo masculino e adultos do próprio município de Santo Antônio de Jesus, seguidos pelos municípios de Governador Mangabeira, São Felipe e Cruz das Almas.

Os atendimentos realizados devido a acidentes automobilísticos, por sua vez, foram feitos a 16 pacientes, enquanto 42 entradas foram registradas por acidentes com motocicletas e 19 em função de agressão física.

UTQ
O período junino costuma apresentar aumento no número de ocorrências por queimaduras. Por este motivo, é recomendado evitar a interação entre bebida alcoólica e artefatos explosivos, além de procurar socorro médico em caso de acidentes. “Os mais perigosos são as bombas, pois elas provocam, além das queimaduras, mutilações por explosão, lesões extremamente graves que podem ocasionar na perda dos membros”, explica o coordenador médico da UTQ, Joir Oliveira.

O HRSAJ dispõe de uma Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) desde 2011. A UTQ possui 21 leitos de internamento, salas de curativo e de balneoterapia, equipe multiprofissional e dispõe de alta tecnologia para curativos de ponta e alta precisão.

Com informações de Beni Comunicação/HRSAJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário