terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Polícia elucida caso de estudante vítima de latrocínio em Feira de Santana

A Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) conseguiu elucidar a morte da estudante Rebeca Almeida de Oliveira, 19 anos, assassinada durante um assalto no dia 18 de dezembro de 2018, na rua Marechal Deodoro, centro de Feira de Santana.

Segundo o delegado adjunto, Láercio dos Santos, os investigadores da DRFR descobriram que o suspeito foi presos dia depois e está recolhido no Conjunto Penal, respondendo por outros assaltos.

De acordo com o delegado após a polícia conferir imagens e depoimentos descobriu que o suspeito Wendson Fiuza de Jesus, tinha sido preso pela Polícia Militar e a avó de Rebeca, que estava no momento do assalto, o reconheceu.

Com base nas informações, os investigadores estiveram no presídio e o acusado confessou o crime, alegando que a vítima teria reagido e ele estava com a arma engatilhada. Essa declaração do acusado descartou a versão de que a morte da jovem podia ser crime de mando, revelou Laércio.

“Os investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), iniciaram as investigações e repassaram o caso para nós. Agora em janeiro, constatamos que o autor do latrocínio já se encontrava presos por outros crimes contra o patrimônio”, declarou o delegado.

O delegado acrescentou que a DRFR encaminhou o inquérito para a justiça, representando pela prisão preventiva pelo latrocínio.

F: Central de Polícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário