loading...

quinta-feira, 16 de abril de 2020

Elias de Gogo apoia movimento da bancada governista que pede a volta das Sessões Ordinárias

Desde o início da crise provocada pelo Coronavírus e por orientações da OMS foram canceladas as sessões ordinárias em Cruz das Almas com o objetivo de evitar agromerações. Depois disto duas sessões ordinárias foram realizadas, sendo uma presencial e outra virtual. Contudo, os trabalhos do Legislativo, com excessão das sessões, acontecem normalmente. Inclusive há um plantão diário para prestar esclarecimentos e até mesmo para inscrever as pessoas que precisam do auxílio emergencial do Governo Federal. Os vereadores também continuam na fiscalização e no atendimento em seus gabinetes.

Nesta quarta-feira os vereadores da Bancada governista protocolaram na Câmara Municipal uma solicitação ao Presidente da Câmara, Renan de Romualdo, pedindo o retorno das sessões, pois segundo os mesmos, há muitos projetos urgentes, inclusive na área da saúde que precisam ser votados. Por exemplo o projeto que autoriza o calçamento das vias de acesso à Clínica de Hemodiálise que colocou como condição o calçamento destas ruas para o funcionamento da Clínica que está programada para inaugurar no mês de junho. O vereador Elias de Gogó (ex-Solidariedade) apesar de não declarar abertamente sua migração para o grupo de situação, vem demonstrando uma relação extreita com o grupo há um bom tempo ao ponto de apoiar o movimento indo contra a determinação do presidente do Poder Legislativo.

Por outro lado muitos entendem que este não é o momento para pensar em aprovação do pacote de obras, mas de centrar as atenções no combate ao Coronavírus. Ao passo que os vereadores da situação compreendem que até neste combate muitas ações carecem da aprovação da Câmara para a sua efetivação. 

Até o fim da edição desta matéria não havia ainda uma decisão por parte do presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Cruz das Almas-Bahia afirmando se iria convocar ou não a sessão.

Por: Rony Henrique/Destaque News

Nenhum comentário:

Postar um comentário