segunda-feira, 1 de junho de 2020

CRUZ DAS ALMAS: André Eloy processa presidente da Câmara Municipal por injúria e difamação na rede social

Uma ação judicial com pedido de indenização pode levar o presidente da Câmara de Cruz das Almas, Renan da Silva Gonçalves, a uma condenação no montante de 40 salários mínimos. A soma desse valor equivale a R$ 41.800,00. A ação foi movida pelo ex-vereador e ex-secretário de Saúde do Município, André Luiz Eloy Costa. O processo tramita sob o nº 8001220-93.2019.8.05.0072, na Vara Cível de Cruz das Almas. Em seu último despacho, o juiz Lucas de Andrade Cerqueira Monteiro, determinou o agendamento de uma audiência, além de citar o réu Renan Gonçalves da ação judicial movida contra ele. A audiência ainda não tem data definida. 

INJÚRIA E DIFAMAÇÃO
O ex-vereador e ex-secretário de Saúde André Eloy afirma na ação que foi surpreendido com a circulação de áudios ofensivos, acompanhado de vídeos, produzidos por Renan, acusado ele de marginal e usuário de drogas. As mensagens foram enviadas para um grupo de WhatsApp da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas. Renan Gonçalves, segundo a ação judicial, se dirige ao também vereador Elias Silva Nascimento (Elias de Gogó). Renan Gonçalves, conforme a ação, também teria citado o tenente da Polícia Militar, Nailson, em um outro áudio no mesmo grupo de WhatsApp. Mas ele foi desmentido pelo oficial da PM.

DESVIO DE RECURSO
Em outro trecho da ação, André Eloy também diz ser acusado por Renan Gonçalves de desvio de recursos na Secretaria Municipal de Saúde. O presidente da Câmara atribuiu a ele o “desaparecimento” de R$ 465 mil na época que ele respondia pela secretaria. A defesa de André Eloy afirmou na ação que a empresa Fabmed, credora da Prefeitura, teria emitido uma declaração de quitação de débitos, referente ao período em que esteve à frente da Secretaria de Saúde.

Entre os motivos apresentados por André Eloy para tanta ofensa estaria um projeto pessoal de Renan Gonçalves de ser candidato a prefeito de Cruz das Almas nas eleições deste ano. André Eloy e Renan Gonçalves devem ficar cara a cara durante audiência de conciliação que ainda não foi definida pela Justiça.

F: InfoSAJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário