loading...

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

CRUZ DAS ALMAS: Prefeito Orlandinho é hostilizado por bolsonarista durante visita a Feira Livre

Durante visita a feirantes que retornaram a comercializar na Praça do Lavrador, no entorno do Mercado Municipal, o prefeito Orlandinho (PT), acompanhado por alguns de seus secretários, foi surpreendido por um bolsonarista extremista que fez um live hostilizando o prefeito petista.

Em sua página pessoal no Facebook, o bolsonarista expõe uma self com o presidente Bolsonaro, em Brasília.
"Atenção Cruz das Almas! O prefeito que fechou o comércio, resolveu aparecer porque a eleição está chegando. Olha que maravilha! Levou tanto longe do povo, sem atender no gabinete e agora tá aqui na feira falando com o povo... pensando que o povo é trouxa, é besta... agora tá vindo na feira pra dizer que é humilde, que é simples...", disse o bolsonarista.
No roda pé do vídeo, é possível ver mais uma hostilização:  "O prefeito de "'merda'" apareceu meu povo". A sequência de agressões continua no Facebook, por meio de sua página.
A Prefeitura de Cruz das Almas, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, descentralizou a feira livre no início do mês de abril, fragmentando em seis pontos estratégicos do município para evitar aglomerações.

De acordo com o Decreto Municipal de n° 340/2020, divulgado nesta última terça-feira (08), desde quinta-feira (10), os feirantes estão autorizados a retornar para o local de origem da feira tradicional e limita-se apenas para feirantes do município. O comerciante que optar por continuar no local descentralizado, deve avisar previamente a Secretaria de Serviços Públicos.

Crise política
O prefeito do município de Cruz das Almas, Orlando Peixoto, mais conhecido como Orlandinho, teve agravo de decisão negado, nesta quarta-feira (9), após ter as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA).

O parecer foi dado pelo relator José Alfredo Rocha, que encerrou o processo de prestação de contas de 2018 perante o TCM e encaminhou para a Câmara Municipal de Vereadores.

Segundo o relator do TCM, o prefeito teria buscado procrastinar a decisão, pedindo para que a revisão fosse feita, para que as contas fossem mantidas na secretaria e não chegassem à Câmara Municipal.

As contas de Orlandinho foram rejeitadas pela segunda vez no último dia 13 de agosto. Dentre os motivos da rejeição estão a omissão de documentos, superação do limite de gastos com pessoal fixado na Lei da Responsabilidade Fiscal, saldo bancário insuficiente para cobrir despesas assumidas e falta de transparência nas licitações.

Um comentário:

  1. Boa tarde, o ser humano nao pode ter idéias próprias ou declarar abirrecimento por que tá sendo prejudicado??? é extremista??? quando a esquerda nazista fechava ruas, tocava fogo em lixo e pneus, e nas ruas ou estradas proibia o doente em ambulancias ter atendimento ai podia??? deixem de ser hipócritas. quem autorizou fechar tudo? quem prejudicou o pai de familia sem poder levar o pao de cada dia pra casa? quem fechou comercios? quem desempregou milhares de brasileiros??? esses mesmos prefeitos que agora voces ousam defender. voces da midia intolerante e parcial sao tao responsaveis quanto os tais. digo pois sou exptista e sabemos sim quem sao os destruidores do Brasil

    ResponderExcluir