quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Homem leva pedrada violenta na cabeça após discussão por política

Cenas de selvageria e agressões foram registradas na tarde do último domingo, 09 de setembro, no campinho, próximo as casinhas populares, em Posto da Mata, distrito de Nova Viçosa. Segundo Gilcimar Neres Santo, de 38 anos, morador da Rua João Pinheiro, Centro de Posto da Mata, ele em companhia de um amigo estava conversando, quando o engenheiro, Rogério Resende, o popular Rogerinho Fiscal, se aproximou e começou a discutir política. Devido as divergências de ideias, os ânimos se alteraram e, a partir daí, Rogerinho e seus dois filhos conhecidos como “Pelega e Doguinha” juntamente com outros agressores começaram a espanca-lo com socos e chutes.

Nas imagens dá para ver o momento em que “Doguinha” filho de Rogerinho, desfere uma pedrada na cabeça da vítima, que cai ao chão, desacordado. Mesmo dominado, Gilcimar é agredido com uma pedrada na cabeça e as agressões só param quando os homens começam a gritar “bateram no cara bêbado, ele tá morto, morreu, morreu” e com a chegada da polícia militar que atendeu a ocorrência e prestou socorro à vítima.

Segundo o site Bahia Extremosul, Gilcimar foi socorrido desacordado para o hospital de Posto da Mata e assim que teve alta procurou a polícia civil e registrou um Boletim de Ocorrência, ele pretende representar criminalmente contra seus agressores. Rogerinho é engenheiro e funcionário público. O fato chocou os moradores de Posto da Mata pela violência empregada contra uma pessoa que já estava fora de combate. As investigações estão sob a responsabilidade do delegado titular de Nova Viçosa, Marco Antônio Neves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário