segunda-feira, 27 de maio de 2019

Morre aos 79 anos o radialista Silvestre Caldas

O pai da comunicação cruzalmense, Silvestre de Santana Caldas, partiu para o mundo espiritual na noite deste último domingo, 26 de maio de 2019. Debilitado devido a complicações de saúde, Silvestre morreu vítima de complicações cardiológicas num leito da Santa Casa de Misericórdia de Cruz das Almas, deixando um vasto legado na comunicação cruzalmense que jamais será esquecida por muitos cruzalmenses. "O pacato cidadão" este à frente da Rede Líder há quase 3 décadas, Silvestre lapidou muitos comunicadores que lá entraram na forma bruta e saíram preparados para atuar profissionalmente na imprensa. Foi músico de filarmônica nos anos 80, Caldas foi militante atuante em defesa das operárias do armazém de fumo, foi comentarista esportivo na rádio Panorma FM e em outras emissoras onde atuou ao lado do saudoso Rei Cônsul. Foi um dos fundadores do extinto Esporte Clube Vitória de Cruz das Almas, atuou como vereador prestando serviços para a cidade durante o período da ditadura, foi instrutor do Grupo de Escoteiros e foi um dos poucos a ser homenageado em vida com a criação da sala de imprensa em anexo à Câmara Municipal de Cruz das Almas com o seu nome. Um legado que jamais será esquecido!

NOTA DE PESAR-GOVERNO DO POVO
A Prefeitura de Cruz das Almas lamenta profundamente o falecimento do comunicador Silvestre Santana Caldas. Fundador da Rede Líder de Publicidade e com diversos serviços prestados à cidade de Cruz das Almas, Silvestre Caldas faleceu neste domingo (26).

Casado e pai de cinco filhos, o “Pacato Cidadão”, como era chamado, prestou serviço como comunicador em todas as emissoras de rádio da cidade, sendo sua última passagem na Santa Cruz FM 87,9 apresentando o programa “Microfone Aberto”.

O Governo do Povo se solidariza com familiares e amigos.


O corpo está sendo velado na Câmara de Vereadores, o seu enterro será às 14h no Cemitério Central.

F: #ForteNoReconcavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário