quinta-feira, 16 de maio de 2019

MURITIBA: Projeto Tambor nunca teve ajuda das gestões municipais; diz professor de capoeira

Através de muito amor, determinação, garra, e muita fé, jamais vamos parar o projeto TAMBOR 'ART no município de Muritiba. Na manhã de quinta-feira (16/maio) o repórter Vagner Franco conversou com o professor de capoeira "Nego Freire" que falou um pouco do seu projeto com mas de 35 jovens que estão envolvidos nele.

O professor falou da sua luta no município onde políticos não tem noção do que este projeto pode causar de melhor na vida de uma criança. O mesmo disse que um vereador sugeriu que fosse feito um livro de ouro para os mesmos assinarem, porém uns assinaram outros não, e os que assinaram nem todos cumpriram com sua palavra!

Houve uma proposta indecente de um determinado político de muritiba que ofereceu uma certa quantia em dinheiro na época de eleição para comprar votos querendo se favorecer do meu projeto. 

Uma coisa é o político ajudar o projeto e os pais e familiares querer por vontade própria votar nele, outra coisa é ajudar e querer trocar em voto, isso é crime.

Segundo o professor que não aceitou a proposta 'indecente' porque o seu projeto é um projeto sério e não um palanque político. "Toda a ajuda para o projeto é bem vinda, mas não dessa forma indecente", disse Nego Freire. 

"Infelizmente não tive ajuda de outras gestões, mais estou no aguardo da atual. Muitos gestores acham que cultura é só esporte e festa, nada contra. Capoeira também é esporte, cultura, e muito mais. Mesmo ficando sem espaço para treinar os jovens do projeto, já adquirimos um espaço através de um avô de um dos meus alunos que faz parte do projeto tambor 'Art, que nos concedeu um espaço muito bom e com o aluguel barato. Se fossemos depender das gestões este projeto já mas iria adiante porque eles não tem interesse de ver o melhor para o seu município, e os jovens precisam ocupar a mente, de uma forma ou de outra.

Tudo que adquirimos durante a criação do projeto foi por ajuda dos pais dos meus alunos e não por ajuda de político nenhum. Agente vê São Félix, Cachoeira, Cruz das Almas e outras cidades do recôncavo baiano crescendo e apoiam projeto igual a este. 

Os gestores não ajudam o projeto e fazem vista grossa, ou seja, quanto pior melhor.....Tenho mais coisas pra falar mais deixa para uma outra oportunidade quando eu estiver com o meu novo espaço que já está ficando pronto e vou lhe convidar para o dia da inauguração", finalizou.

F: Impacto Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário