quarta-feira, 1 de maio de 2019

Preso da mesma ala de Geddel morre com suspeita de leptospirose

Um detento que cumpria pena na mesma ala onde está preso o ex-ministro Geddel Vieira Lima, no Complexo da Papuda, em Brasília, morreu neste domingo (28) por suspeita de ter contraído leptospirose na unidade.

Jorge Wellington Braga de Sousa Silva tinha 37 anos e cumpria pena desde 2016 em regime fechado por estupro de vulnerável. O advogado que respondia por ele, Adriano dos Santos Souza Silva, relatou ao site Metrópoles que o detento foi internado no hospital na última quinta-feira (25), onde a leptospirose foi constatada.

Segundo ele, a vítima teve parada cardiorrespiratória, os rins pararam de funcionar e estava respirando com a ajuda de aparelhos.

O laudo sobre a causa da morte será concluído em 30 dias pelo Instituto Médico Legal (IML).

Entre outros sintomas, Jorge Wellington teria vomitado depois de ter tido contato com a água da chuva no presídio. No local é recorrente a circulação de ratos.

Leptospirose é doença infecciosa causada por bactéria e transmitida através da urina de roedores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário