quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Homem de 56 anos morre no HRSAJ sob suspeita meningite

Foi registrado na manhã desta quinta-feira (1º/8), no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, mais uma vítima de suspeita de meningite. Desta vez, um homem de 56 anos, que não teve a identidade divulgada, morreu na munidadee de saúde por suspeita da doença. O HRSAJ não se manifestou sobre o caso ainda.

A meningite é uma inflamação das meninges, que são as membranas que envolvem o cérebro. Existem diversos tipos de meningite, e para cada um deles há causa e sintomas específicos.

F: Andaiá FM




SAIBA MAIS SOBRE A DOENÇA

Tipos: A maioria dos casos de meningite é provocada por vírus ou bactérias, mas a doença também pode ser transmitida via fungos. Outros fatores também podem desencadear num quadro de meningite, como alergias a determinados medicamentos, alguns tipos de câncer e também inflamações.

Conheça os principais tipos de meningite existentes:
- Meningite viral
- Meningite bacteriana
- Meningite fúngica

Esses três tipos podem levar a um quadro de meningite crônica.

Causas
A causa da meningite varia de acordo com o tipo. A mais comum das meningites é aquela causada por vírus, mas há casos também da doença provocada por bactérias. Menos comum, a meningite causada por fungos também pode surgir.
A meningite viral pode ser causada por diversos tipos de vírus e é a forma mais comum e menos perigosa de meningite, pois muitas vezes nem exige tratamento. Os vírus causadores da meningite podem ser transmitidos via alimentos, água e objetos contaminados e são mais comuns entre o fim do verão e o começo do outono.

Meningite bacteriana é a mais grave de todas. Ela ocorre geralmente quando a bactéria entra na corrente sanguínea e migra até o cérebro. Pode acontecer, também, de a doença ser desencadeada após uma infecção no ouvido, fratura ou, mais raramente, após alguma cirurgia.

Já a meningite fúngica, apesar de ser a menos comum, pode levar ao quadro crônico da doença. Às vezes seus efeitos podem ser similares ou até idênticos aos da meningite bacteriana, por isso inspira cuidados, mas não é contagiosa de pessoa para pessoa.

Em casos mais raros ainda, meningite pode ser resultado de causas não-infecciosas, como reações químicas, alergia a alguns medicamentos e alguns tipos de câncer também.

Sintomas de Meningite
Os primeiros sinais de meningite, quando manifestados, são facilmente confundidos com os sintomas típicos da gripe. Eles geralmente aparecem de algumas horas até dois dias após a infecção.

Os sintomas mais comuns da meningite são:
- Febre alta repentina
- Forte dor de cabeça
- Pescoço rígido
- Vômitos
- Náusea
- Confusão mental e dificuldade de concentração
- Convulsões
- Sonolência
-Fotossensibilidade
-Falta de apetite

Complicações possíveis:
As complicações causadas por meningite não tratada podem ser graves, por isso o tratamento imediato é necessário e essencial. Confira:
- Perda de memória
- Dificuldade em aprender
- Danos permanentes ao cérebro
-Problemas de reprodução
-Convulsões
-Falência dos rins
- Acidente vascular cerebral (AVC)
-Morte

Prevenção
Meningite é geralmente resultado de contágio entre duas pessoas. Vírus e bactérias causadores da doença podem ser transmitidos via tosse, espirro, beijo ou compartilhamento de itens pessoais. Por isso, é importante evitar ficar muito próximo a pessoas portadoras de meningite.

Além disso, seguir algumas medidas básicas ajudam a prevenir a doença.
Veja: -Lave sempre as mãos. Elas são a principal porta de entrada para muitas doenças
-Não compartilhe itens de uso pessoal com outras pessoas, como cigarro, copos ou escovas de dente
-Permaneça sempre saudável, com sistema imunológico funcionando corretamente
-Ao tossir ou espirrar, cubra a boca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário