domingo, 6 de outubro de 2019

Ex-prefeito é alvo da operação 'Queima de Arquivo' e encontra-se foragido

Uma operação policial foi deflagrada em Abaré na manhã desta sexta-feira (03/outubro). Com o objetivo de cumprir mandados de prisão temporária contra o ex-prefeito do município Delísio Oliveira da Silva e José Ponfílio dos Santos Filho, conhecido como 'Baiano'. A ação é realizada em conjunto pelo Ministério Público estadual e Polícias Civil e Militar.

Os dois alvos do mandado são acusados e serem os responsáveis pelo assassinato de Glauciano Sátrio da Silva, 'Silas', morto em dezembro de 2008 em um assentamento localizado em Abaré. Eles são considerados foragidos. 

Quatro mandados de busca e apreensão, inclusive na residência do ex-prefeito, também estão sendo cumpridos. O promotor de Justiça Leonardo Bitencourt, afirmou que as investigações apontam que 'Silas' foi morto por ter prestado depoimento na Promotoria de Justiça Eleitoral de Chorrochó e realizaria um outro depoimento à Justiça eleitoral do município em processo de cassação do mandato de Delísio da Silva. 

Silas denunciava uma suposta prática de compra de votos e abuso de poder econômico por parte do ex-prefeito. “Porém, dias antes, Glauciano foi morto, impedindo assim a sua oitiva em Juízo que poderia resultar na cassação do mandato do prefeito, então reeleito”, afirmou Leonardo Bitencourt.

Nenhum comentário:

Postar um comentário