loading...

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

MARAGOGIPE: Do Vaticano, prefeita diz que novo hospital se chamará Santa Dulce dos Pobres

A prefeita do município de Maragogipe, Vera Lúcia, acompanhou do Vaticano a cerimônia que canonizou a Santa Dulce dos Pobres, neste domingo (13/outubro). A baiana se tornou a primeira santa brasileira da história canonizada pelo Papa Francisco.

"Com o coração tomado de emoção e fé, pude acompanhar de perto a canonização de Santa Dulce dos Pobres, a Nossa Venerável Irmã Dulce. Uma cerimônia indescritível e inesquecível que ao lado do presidente da Câmara, Luís Fernando e da nossa secretária de Educação Marli Medina, presenciei e fomos testemunhas do que representa para o mundo católico aquela mulher que dedicou sua vida ao amparo das pessoas mais carentes, daqueles que nunca devemos esquecer.

Ver a imagem daquela frágil e ao mesmo tempo poderosa mulher exposta na Praça de São Pedro, no Vaticano, pareceu-me um sonho e ao mesmo tempo nos fortaleceu, na certeza e na fé no Grande Mestre que nos conduz e que agora, sob a interdição de Nossa Irmã Dulce, nós maragojipanos, seremos cada vez mais abençoados.

Da Bahia, entre outras autoridades, tivemos a companhia do governador Rui Costa, nosso Deputado João Barcelar e dezenas de outros prefeitos e prefeitas. A nossa cidade que já homenageia a Santa Dulce dos Pobres, terá em breve um hospital que, muito honrosa e merecidamente levará o seu nome, visto que será um hospital que terá a missão daquela que nos inspirou e nos inspira no dia a dia no acolhimento e carinho com aqueles que mais precisam, nosso povo
", disse a prefeita em postagem na rede social.
Além de Dulce, foram santificados outros três religiosos: o cardeal inglês John Henry Newman; a catequista suíça Margherita Bays; da freira italiana Giuseppina Vannini; e da fundadora da Congregação das Irmãs da Sagrada Família, a indiana Maria Teresa Chiramel Mankidiyan.

F: #ForteNoReconcavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário