sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Grupo de traficantes localizado em Santo Antônio de Jesus

Uma quadrilha foi desarticulada, nesta quinta-feira (31/outubro), na cidade de Santo Antônio de Jesus, Recôncavo Baiano, durante a operação 'Cata Vento', da qual participaram o Departamento de Polícia do Interior (Depin) e o 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM/SAJ).

Formado por Arleson Viana Santiago, o 'Kinho',  19 anos, Marcos Renan dos Santos Canedo, o 'Renan', 20, e Sílvio Bispo dos Santos, o 'Sapo', 36, Paulo Ricardo Ramos Santana, o 'Bodão', 20, Robério Dias, o 'Ni', 26, Danilo Oliveira dos Santos, o 'Bujão', 18, João Carlos de Jesus, o ‘Zoião’, 19, e Jônatas de Jesus Santos, o 'Neco', 19, o grupo era envolvido em homicídios, roubos e tráfico de drogas. 

As investigações revelaram que a quadrilha aterrorizava a população e atuava especialmente  entre as ruas Bom Pastor e Santa Rita, no bairro do Alto do Santo Antônio. “Tivemos a informação que o grupo se preparava para cometer um outro homicídio na cidade”, contou o titular da Delegacia Territorial de Santo Antônio de Jesus, delegado Adílson Bezerra de Freitas, revelando o motivo para antecipar a operação.

Os policiais foram recebidos a tiros por cerca de 20 pessoas. Parte do bando fugiu por um matagal, mas Bodão, Ni, Bujão, Zoião, e Neco foram feridos e, apesar de socorridos para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, não resistiram aos ferimentos, enquanto. Kinho, Sapo e Renan foram presos em flagrante. Todos já tinham passagens por tráfico de drogas, homicídio e roubo.

O delegado Adílson Freitas revelou ainda que Bodão e os comparsas estavam ligados a um triplo homicídio, ocorrido em julho. “Três homens, que integravam a quadrilha, migraram para outro bando e foram mortos em represália”, explicou. 

A polícia apreendeu cinco revólveres calibres 38, munições e cartuchos de 45,9 milímetros deflagrados, 42 pedras de crack, maconha embalada para venda, pasta base de cocaína, 39 pinos com droga, embalagens vazias e R$ 244.

Nenhum comentário:

Postar um comentário