sexta-feira, 13 de março de 2020

Camaçari e Feira de Santana cancelam festas populares para avitar coronavírus

Após recomendações da Polícia Militar, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e de outras entidades, a Prefeitura de Feira de Santana decidiu adiar a tradicional Micareta de Feira. A festa estava prevista para ocorrer de 23 a 26 de abril deste ano, período estimado como provável pico do coronavírus no Brasil.

O anúncio da gestão municipal foi feito na manhã desta sexta-feira (13) pelo prefeito Colbert Martins (MDB) em coletiva de imprensa. “Estamos decretando uma situação excepcional em Feira de Santana com relação aos eventos festivos na cidade e eventos de massa. Faltam 40 dias e estamos adiando a micareta. Estamos tratando de transmissão de vírus em eventos. É um decreto emergencial que afetará nossa cidade em todos os segmentos (...) Várias unidades estão suspendendo cirurgias eletivas”, afirmou Martins em coletiva de imprensa, segundo o portal Acorda Cidade, que cobre as notícias da região.

No Brasil, o Covid-19 já infectou 77 pessoas, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde na tarde de quinta (12). Porém, levantamento informais, com base em dados divulgados pelas unidades de saúde, indicam que esse número já passa de 100. Na Bahia, há três casos de coronavírus, todos em Feira de Santana.

Por conta disso, a PM se pronunciou, pedindo o adiamento da festa e a Sesab agiu em seguida, reforçando essa posição.

CAMAÇARI
Diante da pandemia de coronavírus declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM), decidiu cancelar o Festival de Arembepe. A festa seria realizada de 20 a 22 de março.

"Sei muito bem da importância do festival para a cultura e a economia de Camaçari, mas levei em consideração a responsabilidade do cargo para a tomada de decisão", esclareceu o prefeito ao fazer o anúncio na noite dessa quinta-feira (12).

Ele argumenta que o cancelamento vai contribuir para evitar a eventual propagação do vírus, já que a expectativa era de que o evento atraísse milhares de pessoas no mesmo espaço.

"Nas últimas 48 horas, dezenas de festas, eventos esportivos e aulas, só para citar alguns exemplos, foram suspensos em diversos estados. Neste momento de muita comoção e dificuldade, temos de nos unir para preservar vidas e a saúde da população", acrescentou.

Vale ressaltar que o município ainda não registrou nenhum caso confirmado do Covid-19. Na Bahia, há três diagnósticos positivos, todos em Feira de Santana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário