Assista aqui a TV Jovem Pan

terça-feira, 19 de maio de 2020

Natulab emite Nota se posicionando após decreto municipal que suspende as suas atividades

Após a confirmação de um colaborador da Natulab está com coronavírus (covid-19), a prefeitura de Santo Antônio de Jesus tomou uma medida emergencial com base no plano de enfrentamento à doença, tendo como objetivo proteger a saúde dos mais de 700 colaboradores desta unidade, bem como de todos os munícipes. Uma das medidas é a paralisação das atividades da fábrica por 14 dias. Já a segunda medida é o isolamento compulsório de todos os seus funcionários. Acompanhe abaixo o que diz a Nota Oficial com o posicionamento da Natulab a respeito deste caso.


Na noite de ontem, a Prefeitura de Santo Antônio de Jesus solicitou a suspensão temporária das atividades no site 1 da Natulab. A empresa, em decorrência dos casos de Covid-19 confirmados, já havia transferido para home office os colaboradores de sua unidade administrativa local, de acordo com os protocolos determinados pelo plano de prevenção e contingência, quando recebeu a notícia que deveria ampliar a restrição para a unidade fabril, onde não há nenhum caso suspeito até o momento.

Todo o complexo passa por um processo de desinfecção, conforme já determinava o plano, aprovado previamente junto à Prefeitura Municipal da cidade e à Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária, e que vem sendo seguido desde o início da pandemia.

Os funcionários que tiveram ontem (18/05) confirmação de teste positivo para COVID-19 já estavam em isolamento preventivo, desde a semana anterior, e seguimos acompanhando. Neste momento, todos estão bem. Aqueles que tiveram contato direto com essas pessoas e seus familiares seguem assistidos pela companhia que, junto com as autoridades municipais e de saúde, avalia medidas complementares, como a desinfecção períodica.

O protocolo de segurança previamente estabelecido foi reforçado na farmacêutica, que acompanha atenta a situação na cidade, e espera reestabelecer em breve as atividades nesta unidade, visto que a produção de medicamentos é considerada uma demanda essencial e prioritária para a sociedade, principalmente neste momento de combate à pandemia.

F: #ForteNoReconcavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário