loading...

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Natulab é interditada pela Justiça do Trabalho, em Santo Antônio de Jesus

A fábrica farmacêutica Natulab em Santo Antônio de Jesus (SAJ), no Recôncavo, foi interditada pela Justiça do Trabalho em decisão desta quarta-feira (27). Caso desobedeça à sentença, a empresa vai arcar com multa diária de R$ 50 mil. Segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT), que acionou o laboratório, pelo menos sete empregados da empresa testaram positivo para a covid-19. O município já tem 27 casos confirmados da doença.

Conforme o MPT, a Natulab tem cerca de 930 empregados na unidade e ainda não comprovou a adoção de medidas que possam garantir a operação segura da produção. A procuradora Juliana Corbal, autora da ação, pediu urgência na apreciação da liminar. Segundo a procuradora, a empresa havia anunciado a reabertura para esta quarta após período em que permaneceu interditada. Corbal afirmou que a reabertura foi programada sem que a fábrica comprovasse a adoção de medidas para prevenir o contágio generalizado entre os empregados.

“A Natulab está com surto da doença, com transmissão local e sustentada, com necessidade de implantação de isolamento e quarentena de seus trabalhadores confirmados com a covid-19 e todos aqueles que tiveram contato próximo com eles”, afirmou a procuradora. No dia 18 de maio, a fábrica chegou a ser interditada pela secretaria municipal de saúde e vigilância sanitária (ver aqui). A medida, prevista inicialmente para durar 14 dias, foi relaxada, com a apresentação de argumentos da empresa. 

F: Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário