quarta-feira, 1 de julho de 2020

Campanha ARte Salva dá início no Recôncavo da Bahia

Com ações de arte, educação e comunicação a Casa de Barro, através do projeto ARte Salva, mobiliza comunidade e parceiros para o combate à COVID-19 e ajuda humanitária. O objetivo do projeto é sensibilizar as pessoas para os cuidados de prevenção à doença, reafirmando os protocolos de higiene e comportamento social e movimentar uma campanha de arrecadação de cestas básicas e captação de recursos a fim de ajudar xs agentes das culturas populares, nosso patrimônio cultural vivo, a se manterem em casa.

Como elemento fundamental que traz a pandemia do coronavírus, esta é uma campanha que fala de amor e solidariedade. “Buscamos sensibilizar as pessoas que para além do cuidado com si, precisamos cuidar e pensar no outro. Estamos numa grande teia que requer ajuda mútua, cuidado com o coletivo”, diz Luísa Mahin Nascimento, a coordenadora do projeto.

Reconhecendo que nossa cultura popular e tradicional, que guarda memórias, saberes e fazeres peculiares, é composta predominantemente de pessoas idosas e socialmente vulneráveis,  nos voltamos nessa roda ao cuidado com esse público. Toda arrecadação e doação recebida será direcionada às rezadeiras, sambadeiras, sambadores, griôs, contadores de histórias, artesãos, artesãs, dentre outros, oriundos da zona rural e urbana de Cachoeira e São Félix (Bahia).

Doações em dinheiro podem ser feitas através de depósito bancário na conta corrente da Casa de Barro: Banco Bradesco. Agência 3011-2. Conta corrente 29930-8. CNPJ: 07.552.020/0001-14. 

Outras opções e doação de cestas básicas pedimos entrar em contato pelos telefones (zap) (75) 98359-1566 / 99264-2453 ou e-mail artesalva.casadebarro@gmail.com.

Mais informações e para acompanhar as ações do projeto siga a Casa de Barro no Facebook, Instagram ou acesse o site http://www.casadebarro.org.br/

O projeto conta com o apoio emergencial da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e Fundo Baobá para a Equidade Racial e a parceria do Comitê de Solidariedade Popular contra a Covid-19 de Cachoeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário