quinta-feira, 23 de julho de 2020

GOVERNADOR MANGABEIRA: Em vídeo, jovem vítima de covid-19 denuncia a falta de assistencialismo por parte do governo municipal

Uma moradora da zona rural do município do município de Governador Mangabeira, diagnosticada com a covid-19, usou as redes sociais para expor o seu dilema. Segundo a jovem de prenome Helena, o único assistencialismo que a prefeitura lhe oferece é apenas ligações de prepostos da Secretaria de Saúde, conforme relato em um vídeo feito pela própria jovem que está sob isolamento social na casa onde vive com seus familiares.

Ao mesmo tempo, a jovem agradece ao vereador, Dr Edgar Henrique (PDT), por ter lhe fornecido medicamentos. "Agente não tem ajuda nenhuma do prefeito e da Secretaria de Saúde. Simplesmente uma simples ligação para perguntar como você vai... eu venho aqui me expor e agradecer a Edgar Henrique que é mais que um amigo, é um irmão que comprou meu medicamento. Muito obrigado Edgar. Independente de política, você sempre será o meu amigo", relata a jovem.
Rumores
Havia rumores de que o prefeito Marcelo Pedreira havia contraído a covid-19, isso porque pessoas que o cercam contraíram a doença. A exemplo do vice-prefeito, Orlando Leite e um dos seus assessores, bem como a esposa desse assessor que hoje encontram-se sob isolamento domiciliar.

Em sua página pessoal no Facebook, o próprio prefeito expôs o seu exame laboratorial que atesta 'negativo' para a covid-19, descartando momentaneamente uma possível contaminação.

O irmão do prefeito, Tiago Pedreira de Mendonça, atual Secretário de Saúde do município, também ficou sob observação e os demais servidores que tiveram contatos com eles. Foram gastos mais de 73 mil reais que vieram do Governo Federal para combate e prevenção da covid-19, com previsão de gastos estimado em R$ 146 mil até o fim deste ano. 

A atual gestão municipal foi denunciada pelo Tribunal de Contas do Município (TCM) por falta de transparência nos gastos de recursos com a covid-19. Entretanto, percebe-se nitidamente o aumento no número de infecções. Segundo dados do Boletim Epidemiológico desta quarta-feira (22/07), 1 novo caso de infecção foi confirmado, elevando para um total de 77 casos confirmados no município. Ainda conforme o Boletim, há 26 ativos (transmitindo a doença), 18 suspeitos e 21 pessoas em monitoramento.

Denúncia
Segundo informações, um homem supostamente infectado pelo vírus, está circulando livremente pela cidade, sendo que o mesmo deveria está sob isolamento domiciliar. A denúncia foi feita na manhã desta quinta-feira (23) na Rádio Excelsior Recôncavo, por meio do programa Fala Recôncavo, que tem como âncora o advogado e radialista Dr Edgar Henrique.

Caso tal denúncia seja verídica, a pessoa denunciada estará cometendo um crime conforme o código penal, no seu artigo 268, que prevê detenção de um mês a um ano, mais multa por infringir determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

F: #ForteNoReconcavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário