loading...

domingo, 2 de agosto de 2020

Campanha arrecada alimentos e doações para agentes culturais do Recôncavo

Uma campanha foi lançada para arrecadar doações para agentes culturais do Recôncavo baiano. Com a ausência dos eventos e turismo dos quais sobreviviam, essas pessoas tiveram forte impacto em suas rendas - entre elas, idosos e vulneráveis sociais.

Diante do cenário, a ONG Casa de Barro lançou a campanha através do projeto ARte Salva, cuja campanha no site Benfeitoria busca arrecadar doações para atender a essas famílias. O projeto conta com o apoio emergencial da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Fundo Baobá para a Equidade Racial. Além disso, tem parceria do Comitê de Solidariedade Popular contra a Covid-19 de Cachoeira. 

O principal objetivo é arrecadar alimentos e recursos que possibilitem essas pessoas a manterem um sustento durante a pandemia. Inicialmente, 20 famílias serão beneficiadas com um kit composto por cestas básicas, produtos de higiene, máscaras e vale gás. Os recursos foram disponibilizados pela Fiocruz e a entrega será nesta segunda-feira (3).

Caso a ONG consiga ampliar sua arrecadação, 50 famílias de rezadeiras, sambadeiras, sambadores, griôs, contadores de histórias, artesãos, artesãs, dentre outros, oriundos da zona rural e urbana de Cachoeira e São Félix serão contempladas. A meta é montar 250 kits.

Coordenadora do projeto, Luísa Mahin Nascimento explica que, além de alimentos, a ONG priorizou itens de higiene para minimizar o avanço da pandemia e permitir que essas pessoas se protejam. 

"Buscamos sensibilizar as pessoas de que, para além do cuidado consigo, precisamos cuidar e pensar no outro. Estamos numa grande teia que requer ajuda mútua, cuidado com o coletivo”, explica.

Como ajudar?
Quem quiser ajudar por realizar doações em dinheiro pelo site www.benfeitoria.com/artesalvabahia ou através de depósito bancário na conta corrente da Casa de Barro: Banco Bradesco. Agência 3011-2. Conta corrente 29930-8. CNPJ: 07.552.020/0001-14.

Nenhum comentário:

Postar um comentário