loading...

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

CRUZ DAS ALMAS: Ação da Cidadania auxilia famílias quilombolas e ribeirinhas na Bahia

A Ação da Cidadania continua ajudando pessoas em dificuldade por conta da pandemia de Covid-19. Nos últimos dias, a ONG entregou quase mil cestas com alimentos na região do Recôncavo Baiano, para famílias em comunidades quilombolas e ribeirinhas. As doações fazem parte da Ação Contra o Corona, campanha iniciada em março deste ano que já auxiliou mais de 2 milhões de pessoas em todo o Brasil.

Em uma parceria com o Instituto Nordeste Cidadania (Inec), que ficou encarregado da distribuição, a Ação da Cidadania auxiliou moradores das cidades baianas de Cruz das Almas São Félix, Muritiba, Cachoeira e Maragogipe. Completando a ação, ainda nesta semana, 100 famílias em Santo Antônio de Jesus também receberão doações.

As pessoas beneficiadas vivem da pesca ou do que produzem: azeite de dendê, mel de abelha, farinha. Com a instauração da quarentena, elas ficaram fragilizadas por conta do fechamento dos comércios e da suspensão das feiras livres. "Receber as cestas foi, para muitos, um alívio. Levamos, além de alimentos, uma renovação. São famílias com muitos membros e que ficaram extremamente satisfeitas com essas doações e com a iniciativa da Ação da Cidadania", conta José Antônio Linhares Júnior, do Inec, que esteve presente nas entregas.

Segundo Rodrigo "Kiko" Afonso, diretor executivo da Ação da Cidadania, em 2020 foi necessário intensificar os trabalhos da ONG. "Criamos a campanha Ação Contra o Corona, em março, tendo em conta que a pandemia iria afetar milhões de brasileiros. E foi o que, infelizmente, aconteceu. Muitas pessoas, como estas famílias do Recôncavo Baiano, dependem do comércio para sobreviverem e precisaram interromper seus trabalhos".

Apesar de as doações serem extremamente importantes, Kiko alerta: "costumamos dizer que nossas cestas fazem a diferença, mas apenas resolvem o problema temporariamente. O ideal é que haja políticas públicas eficazes para que a vida dos milhões de brasileiros em dificuldades possa melhorar definitivamente", conclui.

Sobre a Ação da Cidadania
A Ação da Cidadania foi fundada em 1993 pelo sociólogo Herbert de Souza, conhecido como Betinho, com o intuito de combater a fome e a desigualdade socioeconômica em nosso país e ajudar os mais de 32 milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha da pobreza naquele ano. Desde sua criação, a ONG deu início a uma série de iniciativas, sendo o Natal Sem Fome a mais célebre delas. Após dez anos sem ser realizada, a campanha voltou em 2017 e, em 2020, ganhou força total para ajudar os agora dezenas de milhões de brasileiros que vivem abaixo da linha da pobreza, segundo dados do Cadastro Único do Governo Federal.

Para auxiliar os brasileiros com dificuldades econômicas causadas pela pandemia de Covid-19, a Ação da Cidadania criou a campanha Ação Contra o Corona, que, até o momento, arrecadou cerca de R﹩30 milhões em recursos e produtos, beneficiando mais de 2 milhões de pessoas em todo o Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário