loading...

terça-feira, 15 de setembro de 2020

Professora Maria Vitória segue desaparecida desde sábado, dia 12

Uma mulher residente na cidade de Aratuípe, no Recôncavo baiano, está desaparecida desde sábado, dia 12. Maria Vitória Borges, de 57 anos, saiu de casa para fazer feira e não retornou.

Ela foi vista pela última vez entrando em um carro branco no trevo de Aratuípe, que seguiu em direção à Valença. Familiares fizeram buscas em Valença e Nilo Peçanha e nesta terça seguirão para Taperoá.

Maria Vitória é professora e não sofre de depressão. Ela é de estatura baixa, tem cabelo curto e no momento que desapareceu estava usando toca e máscara. Quem souber informações do seu paradeiro deve ligar para (71) 9 8306-2593.

F: Tribuna do Recôncavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário